Aula virtual de integração une praticantes de GR e de GA

07.12.2020  |    76 visualizações

Evento foi um dos pontos altos do calendário dos Centros de Excelência CAIXA Jovem Promessa de Ginástica

Da Redação, São Paulo (SP) - O ano de 2020 tem sido difícil, mas também repleto de momentos marcantes. No âmbito da CBG, um deles foi a Aula Virtual de Integração entre as Turmas de Ginástica Artística e Ginástica Rítmica dos Centros de Excelência CAIXA Jovem Promessa de Ginástica, que ocorreu no último dia 23.

A atividade reuniu alunos da Ginástica Rítmica, da Ginástica Artística Feminina e da Ginástica Masculina dos CECs espalhados por todo o País. Os pais das crianças também participaram, prestando um auxílio fundamental. No total, houve 434 acessos à sala virtual, entre ginastas e treinadores.

“A gente avalia que é muito importante essa integração. Fica aberta diante das crianças a possibilidade de prática de novos tipos de exercícios e de uma convivência com outros atletas. Assim, elas recebem um estímulo diferente”, diz o professor de Educação Física Juliano da Silva Fulas, que já atuou no Centro de Excelência CAIXA de Curitiba e hoje trabalha no oferecimento de conteúdo online para as crianças, durante o transcurso da pandemia.

Ana Paula Ferreira da Silva, também profissional de Educação Física, com atuação junto aos CECs como professora de Ginástica Artística, destaca que a atividade proporcionou uma ampliação do conhecimento das crianças sobre as modalidades gímnicas. “As crianças não tinham muita noção sobre as similaridades entre Ginástica Artística e a Rítmica. Elas puderam aprender que os exercícios de fortalecimento, flexibilidade e coordenação são muito próximos”.

Anna Danielyan, treinadora armênia de Ginástica Rítmica, radicada no Brasil há alguns anos, também está envolvida na tarefa de levar aulas virtuais às crianças. “Foi superlegal essa integração. Um praticante de Ginástica Artística serve como espelho para uma outra de Ginástica Rítmica, e vice-versa. Todos puderam ver a evolução no aprendizado que uma atividade como essas proporciona”, diz Anna, que se empolgou com o aspecto familiar do treino também. “É muito bacana contarmos com a participação dos pais e vermos como as crianças estavam orgulhosas de mostrar o que sabem fazer. Sentimos aquele brilho no olhar delas, cada uma dando o seu máximo”.

Os praticantes de cada uma das modalidades fizeram uma apresentação perante aos demais. “Mudamos o contexto da atividade, que teve um ar mais festivo. Ao mesmo tempo, todo mundo caprichou nos movimentos, para fazer bonito”, afirma Juliano.

Segundo Ana Paula, um dos saldos dessa longa jornada de 2020 é a capacidade de reinvenção demonstrada pelo estafe dos Centros de Excelência CAIXA Jovem Promessa da Ginástica. “Encaramos um desafio enorme, e estivemos à altura dele. Inicialmente, planejamos uma série de sete aulas online, para manter as crianças em atividade no início da pandemia. Ao todo, já oferecemos mais de 80, ao longo de oito meses”, contabiliza.

Entusiasmados, os mestres já preparam uma atividade de encerramento do ano, que entra para a história por variados motivos. O evento será no dia 18 de dezembro.

 

 

 

 

 

Leia também...
05.03.2021

Única mulher presidente de confederação de esporte olímpico do País se notabiliza pelo esforço pra transformar o cenário da modalidade

03.03.2021

Vídeo desta semana traça o retrato do treinador de nosso campeão olímpico, Arthur Zanetti, e coordenador técnico da Ginástica Artística Masculina

01.03.2021

Entidade cria Programa de Treinamento Controle, que oferece avaliação das coreografias das ginastas da Seleção Brasileira por árbitros de nível internacional e feedback

26.02.2021

SGECBG incorpora cadastro nacional de atletas, inscrição para participação em competições e software de apuração de notas