Empolgada com Pan no Brasil, Seleção de Ginástica Artística Feminina realiza estágio no Rio

06.02.2021  |    268 visualizações

Um dos objetivos é traçar perfil individual das ginastas, que é base para planejamento dos treinamentos

Da Redação, São Paulo (SP) - Ainda mais motivadas na luta pela conquista de vagas olímpicas depois da confirmação de que o Campeonato Pan-Americano será realizado no País, as integrantes da Seleção Brasileira de Ginástica Artística participam de um Estágio de Treinamento na capital fluminense, no Centro de Treinamento Time Brasil. A atividade começou no dia 30 de janeiro e se encerra no dia 10 de fevereiro.

“Essa notícia de que realizaremos no Brasil o Campeonato Pan-Americano é excelente. Era algo que já estávamos prevendo, porque a Confederação Brasileira de Ginástica teve muita agilidade – foi a primeira a se candidatar, assim que percebeu a possibilidade de os Estados Unidos abrirem mão do direito de receber a competição. Os benefícios que teremos são muito significativos. Não teremos o desgaste natural de viajamos ao exterior. Se tivéssemos que viajar para outro país, a logística seria diferente. Poderemos treinar aqui tranquilamente, sem necessidade de fazer aclimatação e sem sofrer o desgaste de uma viagem”, diz Francisco Porath, treinador da Seleção de Ginástica Artística Feminina.

Segundo Porath, o Estágio está funcionando também como um grande treinamento para a aplicação dos protocolos de segurança quanto ao covid-19. “Estamos tendo a oportunidade de aplicar os protocolos de segurança. A delegação se submeteu a testes RT-PCR antes da viagem e no dia da chegada ao CT. Encontramos um laboratório que fornece os resultados dos exames no mesmo dia”.

As ginastas da Seleção e também as do Grupo de Controle, formado por atletas juvenis e adultas, estão passando por avaliações detalhadas. “Temos exames antropométricos e controles feitos por fisioterapeutas e por médicos, que monitoram qualquer risco de lesão. Teremos traçado o perfil individual de cada ginasta, para sabermos o que poderemos exigir de cada uma delas nos treinamentos”, afirma Porath.

Como vários eventos foram cancelados em decorrência da pandemia, a Seleção tem prevista a participação na etapa da Copa do Mundo por aparelhos de Doha, no Catar, de 10 a 13 de março e no Campeonato Sul-Americano, ainda pendente de confirmação, com data prevista para ocorrer entre os 7 e 12 abril em San Juan, na Argentina.

Porath avalia que, graças aos esforços da CBG, do Comitê Olímpico do Brasil e da CAIXA, a Ginástica Artística Feminina chega bem em 2021, com potencial para conquistar mais vagas para os Jogos de Tóquio. “O saldo de 2020 é muito bom, diante das circunstâncias. As ginastas se mantiveram ativas durante o período de isolamento social mais restrito graças aos treinamentos realizados com suporte da internet. Depois pudemos levar seis atletas para a Missão Europa, e as demais se mantiveram em forma graças aos treinamentos virtuais. Claro que houve alguma perda técnica e física, mas nenhuma atleta desistiu do esporte por falta de motivação, o que poderia ter acontecido. Agora é colocar as ginastas em excelente forma e ir disputar essas vagas olímpicas”.

ESTÁGIO DE TREINAMENTO DE GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA

Local: Centro de Treinamento Time Brasil - Rio de Janeiro

Período: 30/01 a 10/02/2021

Ginastas convocados: Ana Luiza Pires Lima (CEGIN/PR)

Camila Siqueira Almeida (Minas Tênis Clube/MG)

Carolyne Mercer Winche Pedro (CEGIN/PR)

Christal Silva e Bezerra (Centro Olímpico/SP)

Flávia Lopes Saraiva (Flamengo/RJ)

Isabel de Almeida Barbosa (Pinheiros/SP)

Jade Fernandes Barbosa (Flamengo/RJ)

Júlia das Neves B. Soares (CEGIN/PR)

Lorrane dos Santos Oliveira (Flamengo/RJ)

Rebeca Rodrigues de Andrade (Flamengo/RJ)

Thaís Fidélis dos Santos (Pinheiros/SP)

Treinadores: Antônio Lameira

Ângelo Sabino

Beatriz Fragoso

Danilo Bornea

Francisco Porath Neto

Coreógrafo: Ronaldo Ferreira

Coordenação do estágio: Henrique Motta

Juliana Fajardo

Comitê Técnico de GAF: Adriana Alves

 

 

Leia também...
05.03.2021

Única mulher presidente de confederação de esporte olímpico do País se notabiliza pelo esforço pra transformar o cenário da modalidade

03.03.2021

Vídeo desta semana traça o retrato do treinador de nosso campeão olímpico, Arthur Zanetti, e coordenador técnico da Ginástica Artística Masculina

01.03.2021

Entidade cria Programa de Treinamento Controle, que oferece avaliação das coreografias das ginastas da Seleção Brasileira por árbitros de nível internacional e feedback

26.02.2021

SGECBG incorpora cadastro nacional de atletas, inscrição para participação em competições e software de apuração de notas