Brasileiro Loterias Caixa de GR é aberto com presença de importantes autoridades

02.09.2021  |    349 visualizações

Seleção Brasileira de Conjunto é homenageada com placa especial

Da Redação (SP) - O Campeonato Brasileiro Loterias Caixa Adulto e Infantil de Ginástica Rítmica foi oficialmente aberto nesta quarta-feira (1º), em Aracaju, com uma bonita cerimônia no ginásio de esportes Constâncio Vieira, que passou por amplas reformas e foi reaberto.

Uma das grandes atrações foi a exibição da Seleção Brasileira de Conjunto que participou dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no mês passado. As ginastas receberam uma placa da CBG em homenagem pela grande participação no evento.

O governador Belivaldo Chagas prestigiou a abertura da competição. “Para nós é um grande prazer receber essas jovens atletas, bem como os dirigentes da Confederação Brasileira de Ginástica e das federações estaduais aqui presentes. É uma enorme satisfação poder ver aqui, ao vivo e em cores, essas grandes atletas que representaram o nosso País em Tóquio”.

A presidente da CBG, Luciene Resende, discursou na abertura da competição. “É uma alegria estarmos juntos, reunidos nesta noite. Gostaria de saudar as autoridades presentes no nome do governador do Estado, meu amigo Belivaldo Chagas. Gostaria de saudar todos os dirigentes, treinadores, árbitros, as nossas estrelas, os ginastas. Quero saudar também a maior autoridade esportiva do esporte olímpico brasileiro, meu amigo Paulo Wanderley. É uma honra muito grande, Paulo, recebê-lo na nossa cidade. Quero saudar a Superintendente Especial do Esporte do nosso Estado, Mariana Dantas. Como vocês podem ver, estou muito emocionada. Além de estarmos na nossa casa, foi aqui, neste belíssimo ginásio, governador, que iniciei minha vida profissional como treinadora da Seleção Sergipana de Ginástica Rítmica há quarenta anos. Com muito amor pela ginástica, continuei minha carreira e hoje sou presidente da Confederação Brasileira de Ginástica. Amor e trabalho duro garantiram muitos resultados. Várias medalhas, medalhas inéditas em três edições seguidas dos Jogos Olímpicos. Agradeço a toda a minha equipe de colaboradores da CBG, a todas as federações e aos seus presidentes, aos clubes, aos grandes parceiros, ao nosso patrocinador master, as Loterias Caixa, por acreditar e investir na nossa Ginástica. Estamos podendo realizar grandes sonhos. Nesta oportunidade, quero parabenizar todos os profissionais de Educação Física pelo nosso dia, por seu dia. E quero desejar a todas as ginastas e a todos os treinadores, boa sorte no campeonato”.

O presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley, também saudou as demais autoridades. “Excelentíssimo Senhor Governador Belivaldo Chagas, minha querida presidente da Confederação Brasileira de Ginástica, a Luciene, nossa Superintendente de Esportes, Mariana Dantas, e a presidente da Federação Sergipana de Ginástica, Márcia Lima. Quero cumprimentar todos vocês, atletas, saudando a atleta olímpica Natália Gaudio, capixaba. Quero cumprimentar o governador pelo relançamento deste magnífico equipamento esportivo. Nós não prescindimos de um bom equipamento para praticar o esporte. Vocês acompanharam a Olimpíada e o sucesso do esporte nacional. Aquilo foi planejado. Não houve surpresa para nós, administradores do esporte nacional. Mas nós agradecemos aos principais personagens, que são os atletas. E quero deixar os meus parabéns à Ginástica do Brasil, administrada pela presidente Luciene, por ter ajudado nessa excelente campanha do Brasil, que obteve um 12º lugar num universo de 206 países. Há que se considerar isso. E não apenas o sucesso expresso nas medalhas dos nossos atletas, como é o caso da Rebeca Andrade, mas também os daqueles que melhoraram seus próprios resultados anteriores. Foram vencedores também. Não chegaram ao pódio, mas conquistaram resultados melhores do que haviam conquistado anteriormente. Isso é uma vitória, é mérito de nossos atletas”.

Mariana Dantas, Superintendente Especial do Esporte de Sergipe, destacou a importância do evento para o Estado. “Esta é uma festa do esporte sergipano, do esporte nordestino, do esporte brasileiro. Temos toda a comunidade da ginástica se reunindo aqui no nosso Estado. É uma emoção sem tamanho. O evento está lindíssimo. Convido a todos a assistir às transmissões que estão sendo realizadas pelo canal da CBG no YouTube. Quero agradecer pela parceria com a Confederação Brasileira de Ginástica. Quero agradecer também ao governador Belivaldo Chagas e à toda a equipe do governo por não ter medido esforços para que pudéssemos abrir o Constâncio para este evento. O ginásio ainda vai passar por uma outra etapa de reformas, mas não poderíamos perder a oportunidade de ter essas brilhantes atletas aqui no palco do nosso ginásio, o maior que temos aqui em Sergipe”.

A Superintendente também expressou sua satisfação com a exibição da Seleção Brasileira de Conjunto. “Olhe, você acompanhar essas meninas, e nós temos a felicidade de poder acompanhá-las o ano inteiro, porque o Centro de Treinamento Nacional da GR fica aqui em Aracaju. Vê-las em Tóquio brilhando e agora aqui, ao vivo, na sua primeira apresentação depois da Olimpíada, é encantador. Essas meninas são lindas, são fortes e guerreiras. É muito bacana”.

O presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley, presente no ginásio, confirmou que o Prêmio Brasil Olímpico será realizado em Aracaju. “Com ações cada vez mais espalhadas pelo País, o COB reconhece também o ótimo desempenho dos atletas da região Norteste em Tóquio”, disse o dirigente.

Quatro das sete medalhas de ouro conquistadas pelo Brasil nos Jogos Olímpicos foram obtidas por atletas nordestinos.

Leia também...
19.10.2021

Brasileira assume condição de protagonista no Mundial ao se classificar em primeiro no salto e paralelas

17.10.2021

Rebeca Andrade, Caio Souza e Arthur Nory entram em ação a partir de segunda-feira à noite (pelo horário de Brasília), no Mundial de Kitakyushu

15.10.2021

Com foco no planejamento que visa a Paris-2024, equipe multidisciplinar, em conjunto com ginasta, a coloca na disputa do salto, paralelas e trave

14.10.2021

Grupo comandado por Camila Ferezin trabalhou séries mais difíceis e foca na melhora da execução