Brasil chega a Guimarães com chances em três disputas

16.06.2022  |    78 visualizações

Delegação nacional está cotada para o pódio no individual feminino e masculino e na dupla mista

Da Redação (SP) - Dois meses e meio depois de obter excelentes resultados na etapa de Cantanhede da Copa do Mundo de Ginástica Aeróbica, a delegação brasileira volta a Portugal, desta vez em Guimarães, para disputar o Mundial. Há muito tempo uma delegação brasileira não chegava a uma competição dessa envergadura com tantas chances de pódio. É possível depositar expectativas no individual masculino, no individual feminino e na dupla mista. A fase qualificatória do individual feminino será nesta quinta-feira (16). A primeira fase das duplas mistas e a do individual masculino estão programadas para sexta-feira (17).

Em Cantanhede, o Brasil subiu ao pódio com Tamires Rebeca Silva e foi vice-campeão na dupla mista, representado por Lucas Barbosa e Rebeca. Cabe lembrar ainda que Lucas conquistou o bronze na edição anterior do evento, em maio do ano passado, em Baku, no Azerbaijão.

“Estamos muito bem preparados. Mas não quero fazer previsões super-otimistas, mesmo porque apenas fazemos parte de um bloco de boas equipes, com adversários muito qualificados”, avisa Kátia Lemos, Coordenadora Técnica de Ginástica Aeróbica da CBG.

Lucas Barbosa, que ficou em oitavo lugar na final de Cantanhede, vem especialmente motivado para tentar emplacar presença no pódio num Mundial pela segunda vez consecutiva. “Aquela experiência em Cantanhede foi fundamental para o Lucas chegar aqui no nível em que está agora. Nós substituímos um elemento, porque não podemos trabalhar com um em que tenhamos 70% de índice de acerto. Precisamos ter de 90 a 95%. E fizemos também uma pequena modificação na coreografia. Trabalhamos muito a questão psicológica. Aquele resultado mexeu com os brios dele. Nossa motivação está altíssima”, afirmou Kátia.

Já Rebeca, que testou com sucesso sua coreografia em Cantanhede, fez apenas mínimos ajustes em sua apresentação. A ginasta de 23 anos vive um momento especial na carreira – em Cantanhede, pela primeira vez ela subiu ao pódio numa etapa de Copa do Mundo – e logo no degrau mais alto.

“A série dela está muito dentro do novo código, atendendo a todas as especificações. Está apresentando uma execução limpíssima, o que é muito valorizado. O mais importante é que se trata de uma ginasta disciplinadíssima. E ela gostou de ganhar. Esse aspecto psicológico é importantíssimo”, destaca a coordenadora.

Na avaliação de Rebeca, as esperanças na disputa entre duplas mistas são muito grandes. “As expectativas são ainda mais altas na dupla, porque nós realmente vamos entrar na briga pelo primeiro lugar tanto no Mundial quanto no World Games”, diz a ginasta, referindo-se à competição que será disputada em julho, em Birmingham, no estado norte-americano do Alabama.

 

17ª EDIÇÃO DO MUNDIAL DE GINÁSTICA AERÓBICA – GUIMARÃES, 16 a 18 DE JUNHO

Individual Masculino: Lucas Santiago de Melo Barbosa

Individual Feminino: Tamires Rebeca Santos Silva

Dupla Mista: Lucas Santiago de Melo Barbosa e Tamires Rebeca Santos Silva

Treinador: Pedro Augusto Resende Amorim

Fisioterapeuta: Paulo Ricardo de Santana Pereira

Árbitra: Kátia Lúcia Moreira Lemos

 

PROGRAMAÇÃO

QUINTA-FEIRA (16) – 11:32 – QUALIFICAÇÃO INDIVIDUAL FEMININA

SEXTA-FEIRA (17) – 08:00 – QUALIFICAÇÃO DUPLAS MISTAS

SEXTA-FEIRA (17) – 08:05 – QUALIFICAÇÃO INDIVIDUAL MASCULINA                                  

 

  

Leia também...
28.06.2022

Atletas da ginástica rítmica e da ginástica artística prestigiaram o evento na arena

27.06.2022

Acompanhe ao vivo no Canal Olímpico do Brasil

27.06.2022

Nesta segunda-feira rolaram as classificatórias do trampolim sincronizado e do duplo-mini-trampolim

27.06.2022

No masculino, Lucas Junio Tobias e Gabriel Miranda também alcançam a final