São Paulo F.C./Barueri é superado pelo Minas, mas causa boa impressão

29.10.2020  |    185 visualizações

Aguerrido, Tricolor mostra que aproveitou bem o período de treinamentos

Da Redação, São Paulo (SP) - O São Paulo F.C./Barueri mostrou um belo cartão de visitas tendo em perspectiva a Superliga, que começa no próximo dia 9. Com muita garra, mais coesão e melhores atuações individuais em comparação com o que se viu no Campeonato Paulista, o Tricolor vendeu caro a derrota para o poderoso Itambé/Minas – 3 a 1 (25-17, 22-25, 25-22 e 25-20), pelas quartas de final do Super Vôlei, no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema, no litoral fluminense. Com esse resultado, a equipe mineira vai enfrentar o Sesc/Flamengo na semifinal na sexta-feira, e o time comandado por José Roberto Guimarães vai ganhar mais alguns dias para se preparar para a estreia na Superliga. Na primeira rodada, o time de Barueri vai ao Rio para enfrentar o Fluminense, no dia 10.

No primeiro set, o São Paulo não conseguiu fazer frente ao poderio do Minas, um dos principais favoritos ao título da Superliga, mas mostrou muito espírito de luta. A líbero Nyeme, por exemplo, fez três belas defesas seguidas, o que valeu o sexto ponto (6 a 9).

Com um saque mais forçado e um belo trabalho no bloqueio, fundamento responsável por cinco pontos, o São Paulo conseguiu dominar o segundo set, abriu cinco pontos (16 a 11) e conseguiu se manter na dianteira, vencendo uma parcial que deu muito moral para o time. A central Lorena, que anotou cinco pontos no bloqueio no cômputo de toda a partida, subiu muito de produção em relação ao que mostrara no Paulista, firmando-se como um dos destaques da equipe paulista.

O São Paulo manteve a pegada na terceira parcial e, beneficiado por nove erros do adversário, não deixou o Minas desgarrar no placar. Coeso, o time de Zé Roberto mostrou que aproveitou bem as últimas semanas de treinamento, e chegou a anotar um ponto num belo bloqueio triplo. Nos momentos decisivos, no entanto, a maior experiência e qualidade individual do caro elenco mineiro falaram mais alto (25-22).

No quarto set, Lorrayna deu show, anotando cinco pontos com sua potente canhota. Por outro lado, o Tricolor teve pouca diversificação de jogadas, o que facilitou o trabalho da marcação da equipe adversária, que não teve grandes dificuldades para fechar por 3 a 1.

 

ELENCO

#1 Dani Terra - Líbero 1,68
#2 Diana - Meio 1,91
#4 Maira - Ponta 1,85
#5 Glayce Kelly – Ponta 1,85
#6 Nyeme - Líbero 1,75
#7 Lorrayna – Oposta 1,86
#8 Jheovana - Ponteira/Oposta 1,91
#9 Kisy - Oposta 1,89
#10 Lorena – Meio 1,90
#11 Karina – Ponta 1,79
#12 Larissa - Meio 1,88
#13 Jacke - Levantadora 1,74
#14 Kenya – Levantadora 1,85
#15 Duda – Levantadora 1,85
#16 Carol - Ponta 1,92
#18 Dani Seibt - Meio 1,88

Média de altura: 1,85m

Média de idade: 21 anos

Comissão Técnica:

Técnico – José Roberto Lages Guimarães 
Assistente Técnico – Wagner Luiz Coppini Fernandes 
Auxiliar Técnico – Alexandre Santos Gomes 
Preparador Físico – Caique Bonafe Botelho Naipe e Eduardo Fernando Cianci Gomes
Médico: Julio Cesar Carvalho Nardelli 
Responsável Fisioterapeuta – Fernando Alves Fernandes
Fisioterapeuta – Daniel Hideki Kan 
Estatístico – Luciano Tavares Lima e Fabio Rafael Simplício

Leia também...
03.12.2020

Equipe comandada por Zé Roberto, que apostou em Jacke contra o Praia Clube, encara o Brasília

01.12.2020

Equipe de Zé Roberto perde por 3 a 1, mas joga bem e demonstra que está no caminho certo

30.11.2020

Zé Roberto aprecia oportunidade de aprendizado contra elenco estrelado

23.11.2020

Mesmo com grande atuação de Lorrayna, autora de 16 pontos, Barueri é superado pela poderosa equipe mineira