Brasil emplaca vitória na UPAG e vai sediar o Pan-Americano de Ginástica

22.01.2021  |    320 visualizações

Competição é classificatória para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Da Redação, São Paulo (SP) - O Brasil volta a receber importantes competições de Ginástica. A União Pan-Americana de Ginástica (UPAG) informou, nesta quinta-feira (21), que o Campeonato Pan-Americano adulto de Ginástica Artística, Rítmica e de Trampolim e que a Copa Pan-Americana de Clubes de Ginástica de Trampolim serão realizados no País, em junho. A cidade-sede e as datas precisas serão divulgadas assim que forem definidas.

A federação norte-americana, a USA Gymnastics, havia assegurado o direito de organizar o evento, anteriormente previsto para Birmingham, no Alabama. Antevendo que os Estados Unidos poderiam declinar desse direito, a presidente da CBG, Luciene Resende, apresentou a candidatura brasileira em setembro de 2020. Nesta quinta-feira, com a confirmação da desistência dos EUA e da ratificação do interesse brasileiro, a CBG recebeu o comunicado de que poderá receber a competição classificatória para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Não medimos esforços para proporcionar as melhores condições para os nossos ginastas. É claro que a possibilidade de disputar em casa uma competição importantíssima, classificatória para a Olimpíada, é um trunfo muito valioso. Com a confirmação de que poderemos organizar a competição, estamos ainda mais confiantes de que poderemos assegurar vagas olímpicas para a Ginástica do Brasil”, diz Luciene.

O direito de sediar um evento como o Campeonato Pan-Americano, na avaliação de Luciene, tem um significado que transcende a teórica elevação das chances de classificação olímpica. “É sempre importante realizar grandes competições, aumentar nosso espaço na mídia, mostrar os encantos da Ginástica aos brasileiros. Tenho a certeza de que os olhos de muitas crianças e jovens vão brilhar, e isso é fundamental para atrairmos novos praticantes para a modalidade”, acrescenta a presidente da CBG.

Leia também...
05.03.2021

Única mulher presidente de confederação de esporte olímpico do País se notabiliza pelo esforço pra transformar o cenário da modalidade

03.03.2021

Vídeo desta semana traça o retrato do treinador de nosso campeão olímpico, Arthur Zanetti, e coordenador técnico da Ginástica Artística Masculina

01.03.2021

Entidade cria Programa de Treinamento Controle, que oferece avaliação das coreografias das ginastas da Seleção Brasileira por árbitros de nível internacional e feedback

26.02.2021

SGECBG incorpora cadastro nacional de atletas, inscrição para participação em competições e software de apuração de notas