Vindo de insucessos em jogos equilibrados, São Paulo e Bauru se preparam para outro duelo acirrado

15.02.2021  |    138 visualizações

Equipes paulistas venderam caro derrotas para Praia Clube e Minas Tênis, as duas melhores equipes da competição

Da Redação, São Paulo (SP) - São Paulo F.C/Barueri e Sesi Vôlei Bauru, que se enfrentam nesta terça-feira (16), vêm de derrotas na rodada anterior, mas incomodaram seus respectivos adversários, Dentil Praia Clube e Itambé/Minas, que são o vice-líder e o líder da temporada 2020/21 da Superliga. A partida, adiada da quarta rodada, começa às 19h e terá transmissão ao vivo pelo SporTV. Bauru perdeu para o Minas por 3 a 1, com 26 a 24 no último set. Já o Tricolor foi superado pela equipe de Uberlândia por 3 a 0, mas o segundo set, que terminou em 35 a 33, foi o mais disputado de toda a competição.

No primeiro turno, jogando em Barueri, as duas equipes fizeram um jogo muito parelho, com vitória de Bauru por 3 a 2. Segundo a levantadora Jacke, uma das atletas do São Paulo que mais cresceram na Superliga, a tendência é a de termos mais um partidaço. “O jogo do primeiro turno contra a equipe de Bauru foi bastante equilibrado. Acredito que essa partida, nesta terça-feira, possa ser tão disputada quanto e até melhor do que a primeira, pois as duas equipes desde o primeiro jogo até aqui evoluíram bastante, em todos os sentidos. Estamos estudando e treinando muito para jogar da maneira correta”.

A líbero Nyeme, vice-líder nas estatísticas de recepção da Superliga, diz que o São Paulo reúne totais condições de equilibrar o jogo, desde que tenha disciplina tática. “Se jogarmos com alegria, soltas, e cumprindo todas as instruções táticas, não tenho dúvida de que será um jogo equilibrado”.

Para tentar superar Bauru, o São Paulo terá que caprichar no saque para dificultar o trabalho da levantadora Dani Lins. Isso porque, na ótica de Jacke, a equipe do interior paulista tem um ataque pra lá de indigesto. “O ponto forte de Bauru com certeza é o ataque. Jogadoras como Polina, Tifanny, Dobriana, Adenízia e outras trazem um peso grande nesse fundamento”.

Quanto ao aspecto individual, Jacke está empenhada em cumprir as determinações do técnico José Roberto Guimarães. “Tenho evoluído a cada dia, a cada jogo, mas creio que a evolução maior tem sido principalmente a compreensão do jogo em relação ao que o técnico pede. Levantador não é uma posição fácil e ter frieza em muitos momentos para decidir para onde levantar e em que momento é o mais importante. Estou aprendendo muito sobre isso todos os dias. Sou uma jogadora baixa para os padrões, então preciso compensar em todos os outros fundamentos, como por exemplo saque e defesa, o que estou buscando aprimorar todos os dias”, diz Jacke, que já anotou cinco pontos em aces no campeonato e quatro em bloqueios, apesar de medir apenas 1,70m.

 

ELENCO

#1 Dani Terra - Líbero 1,68
#2 Diana - Meio 1,91
#4 Maira - Ponta 1,85
#5 Glayce Kelly – Ponta 1,85
#6 Nyeme - Líbero 1,75
#7 Lorrayna – Oposta 1,86
#8 Jheovana - Ponteira/Oposta 1,91
#9 Kisy - Oposta 1,89
#10 Lorena – Meio 1,90
#11 Karina – Ponta 1,79
#12 Larissa - Meio 1,88
#13 Jacke - Levantadora 1,74
#14 Kenya – Levantadora 1,85
#15 Duda – Levantadora 1,85
#16 Carol - Ponta 1,92
#18 Dani Seibt - Meio 1,88

Média de altura: 1,85

Média de idade: 21 anos

Comissão Técnica:

Técnico – José Roberto Lages Guimarães 
Assistente Técnico – Wagner Luiz Coppini Fernandes 
Auxiliar Técnico – Alexandre Santos Gomes 
Preparador Físico – Caique Bonafe Botelho Naipe e Eduardo Fernando Cianci Gomes
Médico: Julio Cesar Carvalho Nardelli 
Responsável Fisioterapeuta – Fernando Alves Fernandes
Fisioterapeuta – Daniel Hideki Kan 
Estatístico – Fabio Rafael Simplício e Luciano Tavares Lima 

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL 2020/21

FASE CLASSIFICATÓRIA

10/11 – Fluminense 0 x 3 São Paulo F.C./Barueri (13-25, 19-25 e 23-25)

13/11 – São José dos Pinhais 1 x 3 São Paulo F.C./Barueri (14-25, 25-27, 21-25 e 16-25)

17/11 – São Paulo F.C./Barueri 0 x3 Osasco São Cristóvão Saúde (22-25, 20-25 e 21-25)

20/11 –São Paulo F.C./Barueri 2 x 3 Sesi Vôlei Bauru (23-25, 20-25, 25-19, 20-25 e 11-15)

23/11 –São Paulo F.C./Barueri 0 x 3 Itambé/Minas (15-20, 20-25 e 23-25)

01/12 – São Paulo F.C./Barueri x Dentil Praia Clube (26-24, 21-25, 25-21 e 25-22)

04/12 - Brasília Vôlei 1 x 3 São Paulo F.C./Barueri (23-25, 25-21, 25-13 e 25-18)

08/12 - SESC RJ/Flamengo x São Paulo F.C./Barueri (25-14, 26-24 e 25-17)

12/12 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 São Caetano (25-11, 25-14 e 25-12)

18/12 – Esporte Clube Pinheiros 2 x 3 São Paulo F.C./Barueri (25-21, 25-20, 17-25, 22-25 e 8-15)

23/12 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 2 Curitiba Vôlei (21-25, 26-24, 22-25, 25-22 e 15-5).

12/01 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 São José dos Pinhais (25-19, 25-22 e 25-21)

15/01 – Osasco São Cristóvão Saúde 1 x 3 São Paulo F.C./Barueri (21-25, 25-21, 25-23 e 25-14)

26/01 –Itambé/Minas 3 x 0 São Paulo F.C./Barueri (25-20, 25-17, 25-20)

29/01 –São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 SESC RJ/Flamengo (25-13, 25-21 e 25-16)

08/02 –São Paulo F.C./Barueri  3 x 0 Fluminense (25-13, 25-22 e 25-11)

12/02 – Dentil/Praia Clube x São Paulo F.C./Barueri (25-20, 35-33 e 25-9)

16/02 – 19h – Sesi Vôlei Bauru x São Paulo F.C./Barueri (SporTV2)

20/02 – 20h – São Paulo F.C./Barueri x Brasília Vôlei (SporTV2)

23/02 – 20h – São Caetano x São Paulo F.C./Barueri (Canal Vôlei Brasil)

 

 

 

 

 

Leia também...
05.03.2021

São Paulo faz "treino de luxo" emocionante e com reviravoltas no fim da fase classificatória

04.03.2021

Equipe paranaense foi superada apenas no tie-break no primeiro turno

27.02.2021

Com grande atuação do bloqueio, responsável por 17 pontos, São Paulo deslanchou no placar

25.02.2021

Time de Zé Roberto quer evitar surpresas, depois de levar susto no primeiro turno com esse adversário