São Paulo oscila muito e é surpreendido por Brasília

20.02.2021  |    101 visualizações

Depois de um primeiro tempo primoroso, Tricolor desanda

Da Redação, São Paulo (SP) - O São Paulo F.C./Barueri oscilou bastante e foi superado por Brasília, no ginásio José Côrrea, em Barueri. A equipe do Distrito Federal, que luta desesperadamente para conservar a oitava colocação e avançar aos play-offs, venceu por 3 a 1, com parciais de 16-25, 25-18, 25-22 e 25-23. Com esse resultado, o sonho de subir da sexta para a quinta colocação fica mais distante.

No primeiro set, o Tricolor deu a nítida impressão de que reeditaria suas melhores atuações, mantendo a pegada da vitória anterior, sobre o poderoso Sesi Vôlei Bauru. Jogando um voleibol praticamente perfeito, que começava com um saque muito bom, capaz de desestabilizar o passe adversário, o São Paulo deu show, com distribuição inteligente da levantadora Jacke e atuações destacadas de Karina, Maira e Lorena, sobretudo, no contra-ataque.

Na parcial seguinte, o jogo mudou da água para o vinho. O nível do saque do São Paulo caiu, e a equipe voltou a errar bastante – no segundo set, foram dez pontos dados de graça para o adversário. A atacante Neneca começou a sacar quando o placar estava 10 a 7 e só saiu no 14 a 7. Com o passe na mão, a experiente levantadora Ju Carrijo mostrou o que é capaz de fazer e botou a atacante Ariane, que estava mal, no jogo – trata-se da maior pontuadora da Superliga.

Abatido, o São Paulo tentou se manter no páreo sustentado por seu notável volume de jogo. Nyeme chegou até a fazer uma belíssima defesa com o pé. No entanto, o time da casa continuou errando além da conta – no segundo set, cedeu dessa forma oito pontos ao adversário. Motivadas, as jogadoras de Brasília mantiveram a guarda alta e conseguiram sustentar a vantagem, que chegou a quatro pontos (22 a 18), encaminhando a vitória.

José Roberto Guimarães recorreu ao banco – manteve Kisy no lugar de Lorrayna, botou Kenya e também Glayce para jogar. Mas em nenhum momento o Tricolor conseguiu retomar o grande voleibol do primeiro set, a despeito de bons momentos, como um ace de Maira e de ótimos bloqueios de Lorena.

O São Paulo volta a jogar na próxima terça-feira, contra o São Caetano, no ABC.

 

ELENCO

#1 Dani Terra - Líbero 1,68
#2 Diana - Meio 1,91
#4 Maira - Ponta 1,85
#5 Glayce Kelly – Ponta 1,85
#6 Nyeme - Líbero 1,75
#7 Lorrayna – Oposta 1,86
#8 Jheovana - Ponteira/Oposta 1,91
#9 Kisy - Oposta 1,89
#10 Lorena – Meio 1,90
#11 Karina – Ponta 1,79
#12 Larissa - Meio 1,88
#13 Jacke - Levantadora 1,74
#14 Kenya – Levantadora 1,85
#15 Duda – Levantadora 1,85
#16 Carol - Ponta 1,92
#18 Dani Seibt - Meio 1,88

Média de altura: 1,85

Média de idade: 21 anos

Comissão Técnica:

Técnico – José Roberto Lages Guimarães 
Assistente Técnico – Wagner Luiz Coppini Fernandes 
Auxiliar Técnico – Alexandre Santos Gomes 
Preparador Físico – Caique Bonafe Botelho Naipe e Eduardo Fernando Cianci Gomes
Médico: Julio Cesar Carvalho Nardelli 
Responsável Fisioterapeuta – Fernando Alves Fernandes
Fisioterapeuta – Daniel Hideki Kan 
Estatístico – Fabio Rafael Simplício e Luciano Tavares Lima 

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL 2020/21

FASE CLASSIFICATÓRIA

10/11 – Fluminense 0 x 3 São Paulo F.C./Barueri (13-25, 19-25 e 23-25)

13/11 – São José dos Pinhais 1 x 3 São Paulo F.C./Barueri (14-25, 25-27, 21-25 e 16-25)

17/11 – São Paulo F.C./Barueri 0 x3 Osasco São Cristóvão Saúde (22-25, 20-25 e 21-25)

20/11 –São Paulo F.C./Barueri 2 x 3 Sesi Vôlei Bauru (23-25, 20-25, 25-19, 20-25 e 11-15)

23/11 –São Paulo F.C./Barueri 0 x 3 Itambé/Minas (15-20, 20-25 e 23-25)

01/12 – São Paulo F.C./Barueri x Dentil Praia Clube (26-24, 21-25, 25-21 e 25-22)

04/12 - Brasília Vôlei 1 x 3 São Paulo F.C./Barueri (23-25, 25-21, 25-13 e 25-18)

08/12 - SESC RJ/Flamengo x São Paulo F.C./Barueri (25-14, 26-24 e 25-17)

12/12 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 São Caetano (25-11, 25-14 e 25-12)

18/12 – Esporte Clube Pinheiros 2 x 3 São Paulo F.C./Barueri (25-21, 25-20, 17-25, 22-25 e 8-15)

23/12 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 2 Curitiba Vôlei (21-25, 26-24, 22-25, 25-22 e 15-5).

12/01 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 São José dos Pinhais (25-19, 25-22 e 25-21)

15/01 – Osasco São Cristóvão Saúde 1 x 3 São Paulo F.C./Barueri (21-25, 25-21, 25-23 e 25-14)

26/01 –Itambé/Minas 3 x 0 São Paulo F.C./Barueri (25-20, 25-17, 25-20)

29/01 –São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 SESC RJ/Flamengo (25-13, 25-21 e 25-16)

08/02 –São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 Fluminense (25-13, 25-22 e 25-11)

12/02 – Dentil/Praia Clube 3 x 0 São Paulo F.C./Barueri (25-20, 35-33 e 25-9)

16/02 – 19h – Sesi Vôlei Bauru 2 x 3 São Paulo F.C./Barueri (17-25, 25-18, 23-25, 25-23, 13-15)

20/02 – São Paulo F.C./Barueri 1 x 3 Brasília Vôlei (25-16, 18-25, 22-25 e 23-25)

23/02 – 20h – São Caetano x São Paulo F.C./Barueri (Canal Vôlei Brasil)

 

 

 

Leia também...
05.03.2021

São Paulo faz "treino de luxo" emocionante e com reviravoltas no fim da fase classificatória

04.03.2021

Equipe paranaense foi superada apenas no tie-break no primeiro turno

27.02.2021

Com grande atuação do bloqueio, responsável por 17 pontos, São Paulo deslanchou no placar

25.02.2021

Time de Zé Roberto quer evitar surpresas, depois de levar susto no primeiro turno com esse adversário