Caio e Diogo disputam final do individual geral nesta quarta-feira

28.07.2021  |    626 visualizações

Evolução constante de Caio e desenvolvimento de Diogo são destacados pela comissão técnica do Brasil.

Da Redação (SP) - Nesta quarta-feira (28), Caio Souza e Diogo Soares, dois personagens importantíssimos na campanha da Ginástica Artística Masculina em Tóquio, disputam a final olímpica do Individual Geral, uma prova composta pelos 24 ginastas mais completos do planeta. A decisão começa às 7h15 (horário de Brasília) ou 19h15 (de Tóquio).

Para Ricardo Yokohama, um dos três treinadores da Seleção Brasileira de Ginástica Artística Masculina, a presença de dois brasileiros na final do Individual Geral é mais um atestado do progresso do Brasil nesse esporte. “A ginástica do Brasil cresceu muito nos últimos ciclos olímpicos. São conquistas que foram colocando o nosso País em posição de destaque no cenário mundial. Nesta Olimpíada de Tóquio, em particular, nossa Ginástica Artística Masculina conquistou quatro vagas em finais (somando-se a de Caio no salto sobre a mesa e a de Arthur Zanetti nas argolas). Duas delas foram no Individual Geral, prova em que o atleta precisa executar suas séries nos seis aparelhos. É uma competição disputadíssima, o nível é altíssimo. A presença de brasileiros nessa competição só reforça que estamos mantendo a qualidade da nossa ginástica!”.

A trajetória de Caio, que foi fundamental para a classificação da equipe do Brasil em Tóquio, é de evolução constante, como afirma o coordenador da Seleção Brasileira de Ginástica Artística Masculina. “Se analisarmos a evolução do atleta durante este ciclo olímpico, podemos concluir que ele veio crescendo gradativamente. Isso é fruto de um trabalho diário de muita dedicação.” disse Marcos Goto.

O coordenador destacou também a consistência de Diogo Soares aos 19 anos de idade, nos rodízios da qualificação. “A comissão técnica optou por esses ginastas generalistas uma vez que foram os atletas que apresentarem os melhores índices para representarem o Brasil na disputa Individual Geral destes Jogos Olímpicos. Colocamos Diogo para abrir a participação do Brasil em boa parte dos aparelhos por ter apresentações seguras. Isso traz também uma tranquilidade para que os próximos atletas subam no aparelho e façam seu trabalho da melhor forma.”

Da mesma forma o treinador Yokohama reforçou que a presença de Diogo na final desta quarta-feira demonstra que a Ginástica do Brasil está se renovando. “Temos muitos bons ginastas no País em preparação para desempenharem bem! Isso é muito importante para que todo o sistema funcione cada vez melhor. Internamente, a evolução de um ginasta estimula uma competição saudável, em que todos buscam superá-lo. Isso só faz bem para a Ginástica Brasileira”.

 

Equipe Brasileira – Ginástica Artística Masculina

Arthur Nory

Caio Souza

Diogo Soares

Francisco Barretto Júnior

Ginasta Individual

Arthur Zanetti

Chefes de Equipe

Juliana Fajardo e Henrique Motta

Coordenador e Treinador:

Marcos Goto

Treinadores:

Cristiano Albino

Ricardo Yokoyama

 

Programação :

Horários (de Brasília)

 

Final Individual Geral Masculina – 28/07 – 7h15

Final Individual Geral Feminina – 29/07 – 7h50

Finais por Aparelhos – 01/08 – 5h

Finais por Aparelhos – 02/08 – 5h

Finais por Aparelhos – 03/08 – 5h

 

Leia também...
16.09.2021

Em alto astral graças à conquista de Lucas Barbosa no Mundial de Baku, comunidade desfruta de eventos de nível elevado

15.09.2021

De 15 a 19 de setembro em Aracaju

05.09.2021

Atleta olímpica se despede da quadra no Campeonato Brasileiro Loterias Caixa, em Aracaju

04.09.2021

Ginasta paranaense ganha confiança na preparação para o Mundial, em outubro