CBG convoca ginastas para o Mundial de Kitakyushu

23.09.2021  |    306 visualizações

Delegação viaja para aclimatação em Doha no dia 4

Da Redação (SP) - Depois de um ano de isolamento e muitas sessões de treinamento virtual, 2021 está repleto de emoções na Ginástica Artística. Com as recordações da excepcional campanha brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio ainda muito vivas, a CBG já se prepara para enviar a delegação nacional para o Mundial de Kitakyushu, também no Japão.

Os desafios de 2021 são muito peculiares. A última vez em que houve um calendário com Jogos Olímpicos e Mundial no mesmo ano foi em 1996.

No feminino, a representante do País será Rebeca Andrade. “No Mundial de Kitakyushu, que será voltado às especialistas, optamos por enviar apenas a Rebeca, tendo por base o que observamos nas avaliações virtuais”, afirmou o Coordenador da Seleção de Ginástica Artística Feminina, Francisco Porath Neto.

Devido à necessidade de aclimatação, a delegação brasileira vai viajar rumo a Doha antes de seguir para o Japão. Assim, um dia depois do encerramento do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Ginástica Artística de Aracaju, que será realizado de 29 de setembro a 3 de outubro, a equipe viajará para o Catar.

A princípio, Rebeca será inscrita nos quatro aparelhos, mas esse plano inicial pode ser modificado. “Tudo vai depender da evolução dela em Doha. Lá é que vamos decidir quais aparelhos a Rebeca fará. Nosso objetivo é inscrevê-la apenas nos aparelhos nos quais esteja competitiva para chegar às finais”, assinala Porath.

Os representantes do Brasil na Ginástica Artística Masculina serão Arthur Nory, Caio Souza e Luís Porto. Como explica o Coordenador da Seleção de Ginástica Artística Masculina, Marcos Goto, as avaliações dos ginastas também foram realizadas de forma online. “Realizamos dois dias de testes (14 e 16 de setembro) e levamos em consideração, para a convocação, as melhores notas de partida e final. Escolhemos os três atletas com melhores condições para representar o Brasil neste momento”, disse Goto que, assim como Porath, vai decidir em quais aparelhos inscreverá os atletas com base nas observações feitas em Doha.

 

Leia também...
19.10.2021

Brasileira assume condição de protagonista no Mundial ao se classificar em primeiro no salto e paralelas

17.10.2021

Rebeca Andrade, Caio Souza e Arthur Nory entram em ação a partir de segunda-feira à noite (pelo horário de Brasília), no Mundial de Kitakyushu

15.10.2021

Com foco no planejamento que visa a Paris-2024, equipe multidisciplinar, em conjunto com ginasta, a coloca na disputa do salto, paralelas e trave

14.10.2021

Grupo comandado por Camila Ferezin trabalhou séries mais difíceis e foca na melhora da execução