Ginástica marca presença mais do que especial no Prêmio Brasil Olímpico

08.12.2021  |    277 visualizações

Rebeca Andrade recebe o Troféu de Melhor Atleta do Ano

 

Da Redação (SP) - A Ginástica do Brasil desempenhou um importante papel durante a solenidade da 22ª edição do Prêmio Brasil Olímpico, realizada no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju (a capital da Ginástica Brasileira), nesta terça-feira (7).

A primeira a ser homenageada foi a jovem atleta Maria Eduarda Alexandre, de apenas 14 anos, que subiu ao palco para receber uma placa comemorativa, representando as atletas que defenderam o País na primeira edição dos Jogos Pan-Americanos Júnior, realizados em Cáli. Naquela competição, Maria Eduarda se destacou com a conquista de três medalhas de ouro na Ginástica Rítmica: no individual geral, nas maças e na bola.

Já o treinador Francisco Porath Neto, que orienta Rebeca Andrade, campeã olímpica e mundial no salto e vice-campeã olímpica no individual geral, foi um dos agraciados com o prêmio reservado aos Melhores Treinadores do Ano.

Por fim, Rebeca Andrade recebeu o Troféu de Melhor Atleta do Ano, assim como Isaquias Queiroz, da canoagem. “Consegui realizar muitos sonhos este ano. Felizmente, pude contar com uma rede de apoio enorme, formada pelo COB, pela CBG, pelo meu clube, o Flamengo, pelo Francisco, que nunca largou da minha mão, e à minha família, que acreditou muito na Rebeca filha, na Rebeca mana, antes de eu vir a ser a Rebeca Andrade. Esse prêmio não é só meu, e de todos nós, atletas brasileiros”, disse a ginasta, que não pôde estar presente em Aracaju e deixou um vídeo gravado com essas afirmações.

“Fico muito satisfeita com o reconhecimento ao trabalho desenvolvido por esses personagens importantíssimos da nossa Ginástica. E tudo isso na minha terra, que é também a sede da Confederação Brasileira de Ginástica”, afirmou Luciene Resende, a presidente da CBG.

Rebeca também foi escolhida como a vencedora na Ginástica Artística. Duda Arakaki, capitã da Seleção Brasileira de Conjunto, recebeu o prêmio da Ginástica Rítmica. Já Camilla Gomes foi reconhecida com a premiação oferecida à melhor atleta da Ginástica de Trampolim.

 

Leia também...
21.12.2021

Morinari Watanabe diz que Brasil colhe resultados porque presidente da CBG tem a coragem de pensar de forma diferente

17.12.2021

Paulo Schmitt e Fernando Silva Júnior transmitiram valiosos conhecimentos para a comunidade gímnica

16.12.2021

Treinadores de seis países do continente se reúnem com experts chancelados pela Federação Internacional de Ginástica

10.12.2021

Francisco Porath Neto, Marcos Goto e Camila Ferezin, treinadores que são referência para o esporte, bateram um papo de alto nível em encontro promovido pela CCE da CBG