Caio conquista mais três medalhas em Osijek e se torna o primeiro brasileiro a subir ao pódio em todos os aparelhos na Copa do Mundo

12.06.2022  |    288 visualizações

Lucas Bitencourt também brilhou e formou dobradinha com Caio na barra fixa

Da Redação (SP) - Caio Souza fez história neste final de semana na etapa de Osijek da Copa do Mundo de Ginástica Artística. O ginasta fluminense conquistou a prata no salto e nas argolas e o bronze na barra fixa neste domingo (12).

Somando essas conquistas à da véspera, quando foi o terceiro colocado no cavalo com alças, Caio deixou a Croácia com quatro medalhas. É a primeira vez na história da Copa do Mundo que um brasileiro consegue subir tantas vezes ao pódio numa mesma etapa. Quem mais se aproximou disso foi Sérgio Sasaki, que conquistou um ouro e duas prata na etapa de São Paulo, em 2016. Os resultados de Caio também o colocam como o primeiro brasileiro a conquistar medalhas em todos os aparelhos na Copa do Mundo. O ginasta do Minas Tênis, que já tinha medalhas em etapas anteriores no salto, solo, barra fixa e paralelas, completou sua coleção ao subir ao pódio no cavalo com alça e nas argolas em Osijek.

Coroando um final de semana excelente do Brasil em Osijek, Lucas Bitencourt conquistou a prata na barra fixa, compondo uma dobradinha com Caio, que obteve o bronze no mesmo aparelho. É a primeira medalha em Copas do Mundo de Lucas, conhecido como Bisteca na ginástica. O atleta de 28 anos foi também vice-campeão por equipes nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015.

As conquistas dos dois brasileiros reforçam as perspectivas de uma grande participação no Campeonato Pan-Americano do Rio em julho, no Rio.

 

RESULTADOS

 

BARRA FIXA

1º) TIN SRBIC – CROÁCIA – 14.300

2º) LUCAS BITENCOURT – BRASIL – 14.266

3º) CAIO SOUZA – BRASIL – 14.266

4º) AHMET ONDER – TURQUIA – 14.166

5º) ADEM ASIL – TURQUIA – 13.766

6º) NOE SEIFERT – SUÍÇA – 13.666

7º) TYSON BULL – AUSTRÁLIA – 13.600

8º) IVAN DEJANOVIC – SÉRVIA – 12.333

 

SALTO

1º) IGOR RADIVILOV – UCRÂNIA – 14.866

2º) CAIO SOUZA – BRASIL – 14.616

3º) ADAM ASIL – TURQUIA – 14.483

4º) IGNACIO VARGAS – CHILE – 14.033

5º) SATYAJIT MONDAL – ÍNDIA – 13.983

6º) DARIO SISSAKIS – ALEMANHA – 13.816

7º) ANDRIN FREY – SUÍÇA – 13.783

8º) JAMES HARDY – AUSTRÁLIA – 13.550

 

ARGOLAS

1º) ASIL ADEM – TURQUIA – 14.900

2º) CAIO SOUZA – BRASIL – 14.733

3º) NIKITA SIMONOV – AZERBAIJÃO – 14.633

4º) IBRAHIM COLAK – TURQUIA – 14.633

5º) IGOR RADIVILOV – UCRÂNIA – 14.400

6º) VINZENZ HOECK – ÁUSTRIA – 14.400

7º) IAN LASIC-ELLIS – EUA – 13.933

8º) BENEDEK TOMCSANYI – HUNGRIA – 12.433

 

CAIO NAS COPAS DO MUNDO

2013 BRONZE SALTO COTTBUS ALEMANHA

2015 BRONZE SOLO ANADIA PORTUGAL

2015 BRONZE BARRA FIXA OSIJEK CROÁCIA

2017 BRONZE PARALELAS VARNA BULGÁRIA

2017 OURO BARRA FIXA VARNA BULGÁRIA

2021 BRONZE PARALELAS DOHA CATAR

2022 BRONZE CAVALO OSIJEK CROÁCIA

2022 BRONZE BARRA FIXA OSIJEK CROÁCIA

2022 PRATA SALTO OSIJEK CROÁCIA

2022 PRATA ARGOLAS OSIJEK CROÁCIA

 

 

Leia também...
14.08.2022

Competição exibe talentos lapidados na base da modalidade

14.08.2022

Rebeca competiu nos quatro aparelhos pela primeira vez desde os Jogos Olímpicos; no masculino, Caio Souza conquista quatro medalhas de ouro

11.08.2022

Rebeca Andrade voltou a apresentar sua série de solo, ao som de "Baile de Favela"

10.08.2022

Rebeca Andrade, Arthur Zanetti e Arthur Nory estarão em ação na Arena de Esportes da Bahia, em Lauro de Freitas