Prevent Sports e COB vão além dos protocolos, conferindo toda segurança à delegação olímpica

06.07.2021  |    66 visualizações

Teste adicional, de antígeno, será realizado no dia do embarque a Tóquio

Da Redação (SP) - Incumbida do atendimento médico dos atletas a serviço do Comitê Olímpico do Brasil, a Prevent Sports vai executar um plano meticuloso para que a delegação a ser enviada aos Jogos Olímpicos de Tóquio receba todos os cuidados relativos aos protocolos desenhados para contenção do vírus da covid-19.

Foi disponibilizada uma ampla sala no aeroporto de Guarulhos, do qual partirão todos os voos que transportarão os componentes da delegação brasileira. Lá serão realizados os exames RT-PCR a 96 horas e a 48 horas dos horários de embarque, como preconiza o protocolo elaborado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). Por iniciativa própria, a Prevent Sports e o COB desenharam um protocolo adicional, para conferir ainda maior segurança ao processo. Pouco antes do embarque, serão realizados testes de antígeno em cada integrante da delegação, seja atleta, dirigente, oficial ou técnico.

“Esse é um cuidado a mais que adotamos. Como eles serão testados na chegada a Tóquio, é melhor que nós os examinemos logo antes do embarque. Assim, caso haja algum resultado positivo, já receberão os cuidados devidos no Brasil”, explica o diretor-executivo da Prevent Sports, Álvaro Razuk.

Segundo Razuk, a missão de examinar a delegação brasileira é uma “honra e uma responsabilidade imensas” para a Prevent Sports. “Os exames serão super-apurados, pois não podemos correr o risco de termos falsos positivos. Isso tudo faz parte do pacote, de cuidarmos dos atletas olímpicos do Brasil. Oferecemos toda a atenção, de ponta a ponta, com um complexo hospitalar dotado das mais recentes tecnologias a nos dar suporte, num trabalho que vai figurar como um case muito especial na história da medicina brasileira”, afirma o médico.

PREVENT SPORTS - É um projeto inédito que consiste na criação de um centro de medicina desportiva de ponta, apoiado em processos de alta tecnologia. O objetivo é auxiliar atletas a terem maior rendimento e menos lesões. Os esportistas beneficiados têm acompanhamento integral em saúde. Isto é, de médicos, nutricionistas, psicólogos, além de exames periódicos. A novidade da iniciativa é que, pela primeira vez, uma empresa de saúde está patrocinando equipes desportivas sem a injeção direta de recursos. No projeto, a empresa vai desenvolver protocolos de atendimento específicos para os atletas, os quais poderão ser adotados para pacientes comuns e atletas amadores que sejam beneficiários da operadora de saúde. Lançado em janeiro, o projeto já recebeu as adesões do Comitê Olímpico do Brasil, do time feminino de vôlei do Barueri Volleybal Clube, do Vedacit Vôlei Guarulhos, do Brasília Vôlei, da Confederação Brasileira de Ginástica, Confederação Brasileira de Atletismo, da Stock Car Pro Series e do Black Dragons, time de e-sports.

 

Leia também...
01.07.2021

Teste adicional, de antígeno, será realizado no dia do embarque a Tóquio

21.05.2021

Área médica do COB e Prevent Sports realizam curso para atendimento de emergências médicas em campo