Brasil segue com confiança na Ginástica Artística Feminina

04.06.2021  |    211 visualizações

Ginastas entram em ação no Campeonato Pan-Americano às 16h38, na Arena Carioca

 

Da Redação (SP) - Depois da realização do treino de pódio, na quinta-feira (3), a comissão técnica da Seleção Brasileira de Ginástica Artística Feminina definiu em quais aparelhos as atletas do Brasil competirão, amanhã, no Campeonato Pan-Americano. Estarão em jogo duas vagas olímpicas individuais. Vão se classificar para Tóquio as ginastas nas melhores colocações no individual geral, com o limite de uma atleta por país.

Rebeca Andrade, Lorrane Oliveira e Christal Bezerra vão participar do individual geral, fazendo os quatro aparelhos: salto sobre a mesa, paralelas assimétricas, trave de equilíbrio e solo.

Ana Luísa Lima fará o salto e solo, e Julia Soares disputará nas assimétricas e trave.

Segundo Francisco Porath, um dos dois coordenadores da Seleção Feminina, o desempenho das atletas brasileiras no treinamento de pódio, realizado na Arena Carioca 1, foi bom. “O time se apresentou bem no treinamento de pódio. Essa atividade é muito importante para os ajustes das séries e aparelhos, sentir o clima da competição e ter o primeiro contato com a arbitragem”.

Iryna Ilyashenko, também coordenadora da Seleção, avalia que há importantes detalhes a ser aprimorados. “Conseguimos ver pontos importantes para melhorarmos e vamos ajustar nos treinos que antecedem a competição. Sempre podemos melhorar, e o grupo está muito empenhado”.

Jade Barbosa não poderá competir. “A atleta Jade Barbosa teve uma torção no joelho esquerdo durante o treinamento de pódio. Após exame clínico e ressonância magnética, foi encontrada uma lesão do menisco medial. A atleta iniciou fisioterapia imediata e será reavaliada nos próximos dias para definição do tratamento”, diz a equipe médica da seleção brasileira de ginástica.

A Seleção Feminina entra em ação na disputa do individual geral, competição por equipes e fase classificatória dos aparelhos às 16h38, na Arena Carioca 1. O Brasil faz parte da subdivisão 3, ao lado de México, Ilhas Cayman e Equador. A competição será exibida pelo SporTV e pelo streaming no Canal Olímpico, da TV NSports.

Leia também...
14.06.2021

Ginastas brasileiras conseguiram cinco dos seis ouros que estavam em jogo na GR no domingo

13.06.2021

Equipe brasileira termina em primeiro lugar no quadro de medalhas, com três medalhas de ouro e uma de prata

13.06.2021

Série mista garante equipe nacional em Tóquio

12.06.2021

Série mista garante equipe nacional em Tóquio