Atletas Brasileiras brindam público com exibições de alto nível no Pan-Americano de Ginástica Rítmica

07.07.2022  |    28 visualizações

Conjunto confirma excelente fase e se classifica em primeiro na série de cinco arcos; no individual, a jovem Maria Flávia e Geovanna se garantem em finais

Da Redação (SP) - Depois de tanta espera por um grande evento internacional de Ginástica Rítmica com espectadores no Brasil, as melhores expectativas se confirmaram. A Arena Carioca 1 recebeu, no primeiro dia do Campeonato Pan-Americano de GR, um público expressivo, que vibrou com as exibições das ginastas brasileiras e também aplaudiu as estrangeiras.

O conjunto brasileiro deu um verdadeiro show e conseguiu a excelente nota de 33.150 na série de cinco arcos, que teria lhe dado a prata na etapa de Pesaro da Copa do Mundo e também o primeiro lugar na fase qualificatória. 

Após a apresentação, a capitã Maria Eduarda de Almeida, a Duda, destacou a importância da presença da torcida na Arena Carioca 1.

“Foi sensacional. Isso faz toda a diferença. Fazia tempo que eu não entrava em quadra com público no Brasil. Estar em casa, em um evento enorme como esse, foi incrível. A energia é surreal e ajuda muito”, disse a ginasta.

Deborah Medrado destacou a evolução que o conjunto busca para os próximos compromissos. “A gente fez a nossa coreografia, sabe que tem pontos a melhorar e a gente vai melhorar para a final, tirar uma nota maior ainda. Agora é foco no misto. Ainda tem a apresentação de fita e bola, que vai decidir o geral, e a gente está focada nisso agora”, afirmou a atleta. 

Individual. No individual, o grande destaque do Brasil foi a sergipana Maria Flávia Britto, de apenas 16 anos, que obteve a quinta melhor nota tanto no arco (28.450) como na bola (29.050). Esses resultados não contarão para o individual geral, no entanto. A jovem atleta não foi inscrita nos outros dois aparelhos, maças e fita, justamente para que outra jovem atleta, Mariana Vitória, tivesse a oportunidade de competir. As qualificatórias desses dois outros aparelhos serão nesta sexta-feira (8).  

Logo após sua segunda apresentação, a atleta comemorou a oportunidade de disputar, pela primeira vez, uma competição do nível do Pan-Americano. “Estar aqui é uma experiência indescritível. Estou muito feliz e emocionada. Daqui para frente espero me manter firme e forte e fazendo sempre o meu melhor, me doando ao máximo em quadra”.

A técnica Iracema Alves não aguentou a emoção e não segurou as lágrimas após a apresentação de Maria Flávia na bola, quando ela assumiu a liderança provisória da classificação. 

“Estou muito feliz e realizada, porque a gente treinou muito. É nosso primeiro evento grande. A Maria Flávia é muito jovem. Conseguir esse resultado maravilhoso me deixa muito feliz e emocionada”.

Outro grande destaque do Brasil foi a capixaba Geovanna Santos. Depois de cometer alguns erros na série de arco, que lhe deixaram na 11ª posição e fora da final do aparelho, a atleta fez uma exibição primorosa na bola, o que lhe rendeu a primeira colocação. No individual geral, ela ocupa a quinta posição.

“A minha série de arco teve algumas imprecisões, mas a gente sabe que erros acontecem. Temos que levantar a cabeça para o aparelho seguinte, para o dia seguinte. Na bola consegui tirar uma nota muito boa. Fiz a minha série, fui feliz dentro de quadra e isso é o que mais importa, sair satisfeita com o meu trabalho, com o trabalho da minha treinadora, que me acompanha todos os dias na minha luta, nesses meus desafios. Nosso objetivo é chegar à Olimpíada de 2024”, afirmou a atleta, conhecida como Jojô no mundo da ginástica.

A brasiliense Ana Luísa Passos Neiva teve trajetória parecida com a de Geovanna: cometeu mais erros no arco e depois se recuperou na bola. Na primeira apresentação, conseguiu a 16ª nota (24.900) e ficou fora da final. Na bola, apresentou performance bem melhor e ficou na sétima posição (28.250). No entanto, ela não avançará à final, porque o regulamento permite apenas duas representantes de cada país nessa fase. 

 

RESULTADOS

CONJUNTOS

  1. Brasil 33.150
  2. México 30.400
  3. Venezuela 25.300
  4. EUA 24.350
  5. Cuba 22.100
  6. Chile 20.000
  7. Colômbia 19.800
  8. Costa Rica 18.650

INDIVIDUAL

ARCO 

  1. Evita Griskenas EUA 31.550
  2. Alexandra Kautzman EUA 29.850
  3. Marina Ramirez MEX 29.400
  4. Carmel Kallemaa CAN 28.700
  5. Maria Flávia Britto BRA 28.450
  6. Ledia Aladro MEX 28.050
  7. Sol Fainberg ARG 28.000
  8. Suzanna Shabhazian COL 27.550

11) Geovanna Santos da Silva BRA 26.850

16) Ana Luisa Passos Neiva BRA 24.900

BOLA 

  1. Geovanna Santos da Silva BRA 30.350
  2. Suzanna Shahbazian COL 29.750
  3. Erica Foster EUA 29.500
  4. Sol Fainberg ARG 29.100
  5. Maria Flávia Britto BRA 29.050
  6. Karla Diaz MEX 28.900
  7. Alexandria Kautzman EUA 28.150
  8. Christina Savchenko CAN 27.950

Ana Luisa Passos Neiva 28.250

 

 

PROGRAMAÇÃO

SEXTA-FEIRA, 8 DE JULHO

9H – 10H50 – JÚNIOR – QUALIFICAÇÃO – ARCO E BOLA – GRUPO A – INDIVIDUAL

11H-12H50 – JÚNIOR – QUALIFICAÇÃO – ARCO E BOLA – GRUPO B – INDIVIDUAL

13H20 – 14H – JÚNIOR – QUALIFICAÇÃO – 5 CORDAS - CONJUNTOS

15H30 – 17H30 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO – MAÇAS E FITA – GRUPO B – INDIVIDUAL 

17h40 – 19H40 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO – MAÇAS E FITA – GRUPO A – INDIVIDUAL

20H – 20H50 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO – SÉRIE MISTA (BOLAS E FITAS) - CONJUNTOS

 

SÁBADO, 9 DE JULHO

9H-10H40 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO – MAÇAS E FITA – GRUPO B – INDIVIDUAL

11H – 12H50 – ADULTO – QUALIFICAÇÃO MAÇAS E FITA – GRUPO A – INDIVIDUAL

13H20 – 14H – JÚNIOR – QUALIFICAÇÃO – 5 BOLAS – CONJUNTOS

16H30 – 17H05 – ADULTO – ARCO – FINAL - INDIVIDUAL

17H05 – 17H30 – ADULTO – BOLA – FINAL - INDIVIDUAL

17H40 – 18H20 – ADULTO – 5 ARCOS – FINAL - CONJUNTOS 

18H50 – 19H25 – ADULTO – MAÇAS – FINAL - INDIVIDUAL

19H25-20H – ADULTO – FITA – FINAL - INDIVIDUAL

20H10-20H50 – ADULTO – FINAL - SÉRIE MISTA (BOLAS E FITAS) – CONJUNTOS

 

DOMINGO, 10 DE JULHO

9H30 – 10H05 – JÚNIOR – FINAL ARCO – INDIVIDUAL

10H05-10H30 – JÚNIOR – FINAL BOLA – INDIVIDUAL

10H40-11H20 – JÚNIOR – FINAL - 5 CORDAS – CONJUNTOS

11H50-12H25 – JÚNIOR – FINAL MAÇAS – INDIVIDUAL

12H25 – 13H – JÚNIOR – FINAL FITA – INDIVIDUAL

13H10-13H50 – JÚNIOR – FINAL 5 BOLAS - CONJUNTOS

 

 

Leia também...
14.08.2022

Competição exibe talentos lapidados na base da modalidade

14.08.2022

Rebeca competiu nos quatro aparelhos pela primeira vez desde os Jogos Olímpicos; no masculino, Caio Souza conquista quatro medalhas de ouro

11.08.2022

Rebeca Andrade voltou a apresentar sua série de solo, ao som de "Baile de Favela"

10.08.2022

Rebeca Andrade, Arthur Zanetti e Arthur Nory estarão em ação na Arena de Esportes da Bahia, em Lauro de Freitas